quarta-feira, 12 de março de 2014

animais da africa girafa

As girafas são animais de pescoço longo (três a quatro metros), embora possuam o mesmo número de vértebras que nós, humanos. Esta característica permite com que estes ruminantes se alimentem mesmo das folhas das mais altas árvores, com o auxílio de suas longas e flexíveis línguas e lábio superior. Machos e fêmeas possuem, em suas cabeças, um ou dois pares de chifres curtos, cobertos por pele, e um par de orelhas pontiagudas. Estes habitantes da região central e sul do continente africano fazem parte da dieta dos leões, hienas e leopardos. Visão e olfato apurados, além da própria altura (têm em média cinco metros), auxiliam as girafas a identificarem a presença do predador antes de serem atacadas. Seus membros anteriores são maiores que os posteriores. Com o auxílio destes, e erguendo ao mesmo tempo as duas pernas do mesmo lado, caminham com seus passos travados. Correndo, podem atingir até 50 km/h. Possuem um coração muito grande, capaz de bombear o sangue por todo o extenso corpo: 11 quilogramas, 60 centímetros de comprimento e 8 centímetros de espessura nas paredes, 43 vezes maior que o coração humano. O período de uma gestação é de 14 a 15 meses, dando origem a apenas um filhote. Fêmeas sempre procuram parir no mesmo local, dentro de seus territórios. Girafas vivem em média 25 anos, em bandos com um macho dominante. Após desmamarem, as fêmeas permanecem em seu bando e os machos formam, separadamente, outros grupos. Estes últimos podem ter até 1400 kg de massa corporal. Em razão da resistência e beleza da pele, esses animais foram alvo de intensas caçadas há alguns anos. Atualmente são protegidos, sua caça é ilegal. Por Mariana AraguaiaGraduada em Biologia.

site:mundo educação/grupo:orix/publicação:ayrton

Nenhum comentário:

Postar um comentário